Hidratação para quem tem pele oleosa

Laser fotona promove rejuvenescimento
Laser Fotona: quebrando paradigmas
18 de julho de 2018
Botox ou ácido hialurônico: qual escolher?
Botox ou Ácido Hialurônico?
26 de julho de 2018
Exibir tudo

Hidratação para quem tem pele oleosa

Hidratação para quem tem pele oleosa

A hidratação para quem tem pele oleosa é uma dúvida frequente. A produção exagerada de sebo incomoda com o brilho excessivo e deixa a superfície mais espessa, com um aspecto gorduroso, um efeito que muitos temem ser reforçado pelo hidratante.

Essa oleosidade pode causar espinhas e cravos, uma dor de cabeça principalmente para os adolescentes, que já tem uma tendência maior à acne por causa dos efeitos crescimento. Quem sofre com esse problema sabe – ou deveria saber – que os cuidados em relação à limpeza da pele são mais do que essenciais. Apesar de ser definida pela genética, a oleosidade pode ser controlada e uma saída está na hidratação da superfície corporal.

Quando bem hidratada, a pele tem maior capacidade de absorver os cremes e outros produtos utilizados no cuidado diário, por estar mais limpa e saudável. “A hidratação para quem tem pele oleosa contribui muito para a textura da pele e a tolerância a dermocosméticos, o que ajuda a tratar da oleosidade e possíveis problemas com os poros”, é o que diz Vivian Villela, dermatologista do Instituto Villela. É muito fácil reconhecer se você tem esse tipo de problema e precisa de uma hidratação especial. Além dos já citados excesso de brilho e espessura, outra característica marcante são os poros dilatados, principalmente no rosto. “Essa dilatação favorece a ocorrência de acne, pois certas bactérias, ao penetrarem nos poros, provocam a formação de pus. E isso leva ao surgimento de cravos e espinhas”, completa Vivian.

Uma boa sugestão é a hidratação realizada com produtos que dão sensação de toque seco, como os baseados em gel ou os livres de óleo. A preferência tem de ser a escolha por hidratantes não gordurosos, de textura leve e que tenham ação matificante, absorvendo o excesso de brilho. Os produtos com ácido hialurônico e ácido lático, compostos químicos também produzidos por nosso corpo, são mais do que indicados. O primeiro, conhecido especialmente por combater às rugas, é o responsável pelo volume, sustentação, elasticidade e hidratação da pele. Já o segundo, hidrata, reduz a produção de sebo e estimula a renovação das células.

Mesmo com essas indicações, Viviam comenta escolher bem os produtos utilizados, para cada pessoa. Até mesmo protetor solar, importante aliado da saúde da pele, tem de ser escolhido. “O protetor solar é extremamente importante, mas a pessoa pode deixar a pele mais oleosa se usar um tipo não compatível com seu organismo. E pode ainda causar entupimento dos poros, gerando a acne”. Produtos de maquiagem muito espessos e oleosos, também podem obstruir os poros. De preferência a cosméticos fluidos, livres de óleo e em pó.

Converse com seu dermatologista

É recomendado que para saber quais os produtos mais indicados para cada tipo de organismo, é fundamental procurar o seu dermatologista, que vai analisar sua condição e o tratamento adequado. Com o tratamento certo, esses problemas podem ser contornados e controlados. Observar o que você come também pode ajudar. Alimentos compostos de carboidratos refinados, como pão, macarrão, bebidas açucaradas e doces, devem ser evitados. Eles sobem os níveis de açúcar no sangue e a secreção de insulina, e isso estimula as glândulas sebáceas a produzir mais sebo.

Instituto Villela
Instituto Villela
Dra. Vivian Villela é especialista em Clínica Médica e Dermatologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. É titulada Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e pela Associação Médica Brasileira (AMB). Membro titular da SBD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

hidratao-para-quem-tem-pele-oleosa-instituto-villela