Rejuvenescimento facial: bioestimuladores de colágeno

Tratamento contra rugas
Tratamento contra rugas: conheça algumas opções inovadoras
28 de agosto de 2018
celulite e gordura localizada
Projeto Verão: chega de celulite e gordura localizada
11 de setembro de 2018
Exibir tudo

Rejuvenescimento facial: bioestimuladores de colágeno

Rejuvenescimento facial

Existem diversas técnicas de rejuvenescimento facial, e muitas delas têm como objetivo recuperar o colágeno perdido com a passagem do tempo. Os bioestimuladores são diferentes de outros preenchedores dérmicos, pois o ingrediente ativo aplicado nessa técnica trabalha para estimular a produção de colágeno do próprio corpo, para restaurar o volumes perdidos e melhorar a estrutura da pele.

À medida que envelhecemos, o corpo perde volume e estrutura devido à redução e ao deslocamento de gordura, frouxidão ligamentar e alterações no esqueleto ósseo. Os bioestimuladores de colágeno trabalham para substituir esse volume, revitalizar e rejuvenescer a face e outras partes do corpo. Esses tratamentos não visam áreas específicas ou preenchem déficits específicos, como os preenchedores tradicionais, e são usados ​​para um resultado natural e duradouro.

Rejuvenescimento facial: O tratamento com bioestimuladores

Durante o tratamento de rejuvenescimento facial, uma solução é injetada nas áreas de interesse do paciente – com uma agulha ou uma microcânula. A quantidade média para um tratamento inicial é de 2 a 3 frascos de estimulador de colágeno. O procedimento é bem tolerado e realizado com anestesia tópica.

Existem duas principais substâncias reconhecidas no mercado: o ácido Poli-L-Láctico (PLLA) e a hidroxiapatita de cálcio. O primeiro é produzido pelo organismo. Na forma sintética, é totalmente absorvido pelo corpo no prazo de até 2 anos. Quando aplicado profundamente sob a pele, o PLLA estimula a produção de colágeno suavizando os sinais de envelhecimento e melhorando a flacidez e o tônus da pele.

Já a hidroxiapatita de cálcio, além do efeito de preenchimento imediato, também estimula a produção natural de colágeno e age na recuperação, firmeza e elasticidade da pele. O produto tem ótima indicação para o tratamento do rosto, mas consegue resultados também contra o envelhecimento das mãos, pois trata a perda de volume, disfarçando os tendões e amenizando a flacidez.

Vale ressaltar que os bioestimuladores também podem ser aplicados em qualquer parte do corpo, entretanto, suas principais indicações são para face, mãos, pescoço, abdômen, braços, glúteos e coxas. Nos dois últimos, sua maior vantagem é no combate à celulite.

Durabilidade do tratamento com bioestimuladores

A durabilidade dos resultados do tratamento com bioestimuladores vai depender muito de uma série de fatores. Idade do paciente, estilo de vida e estado de conservação da pele, por exemplo, são fundamentais para o diagnóstico.

De forma geral, é recomendado entre 2 ou 3 sessões, e os resultados aparecem após 30 dias da primeira aplicação. Sua durabilidade média é de 12 meses. Logo após a realização do procedimento já e possível retornar as atividades rotineiras.

Pós-tratamento

O acompanhamento após a aplicação com bioestimuladores de colágeno é de vital importância. Não seguir o regime de cuidados posteriores pode afetar os resultados do tratamento. É importante evitar a exposição ao sol, atividades de indução de calor e maquiagem por, pelo menos, 24 horas após a aplicação da técnica.

Outra etapa muito importante é a massagem. O paciente deverá massagear a área firmemente, de acordo com orientação médica, por 5 minutos, 5 vezes por dia, durante 5 dias, após o tratamento. Isso irá minimizar quaisquer efeitos adversos e ajudará a distribuir uniformemente o produto.

Finalmente, ressaltamos que a aplicação dos bioestimuladores, assim como de qualquer preenchedor, mesmo que minimamente invasivo, deve ser feita em clínica ou consultório dermatológico, por um profissional médico habilitado.

Instituto Villela
Instituto Villela
Dra. Vivian Villela é especialista em Clínica Médica e Dermatologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. É titulada Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e pela Associação Médica Brasileira (AMB). Membro titular da SBD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

rejuvenescimento-facial-bioestimuladores-de-colgeno-instituto-villela