Doenças Venosas

Cirurgia de Varizes com Laser

Quando o tratamento de varizes a laser é indicado?

O tratamento de Cirurgia a Laser é mais indicado quando as veias doentes são as tronculares e as veias safenas.

Qual o tempo de recuperação da cirurgia de varizes a laser?

O pós-operatório da cirurgia de varizes a laser exige, em média, repouso de apenas 3 dias, podendo o paciente retomar as atividades normais após avaliação médica.

Quando a cirurgia de varizes a laser é mais indicada?

A indicação irá depender do quadro clínico e os resultados dos exames pré-operatórios.

Geralmente o paciente escolhe a cirurgia de varizes a laser devido ao tempo de recuperação que é bem menor que o tratamento convencional, chegando a ser em média, 3 dias, enquanto a cirurgia convencional pode chegar a 15 dias.

Como é feito o procedimento da cirurgia a laser de varizes ou safena?

Uma microfibra óptica é introduzida na veia doente ou na safena até o ponto que está obstruído, usa-se o laser de diodo para "evaporar" o sangue de ponta a ponta, permitindo inclusive que as ramificações da veia sejam conservadas sem danos. A veia ou safena é fechada, perdendo sua função, e o organismo se encarrega de desviar o sangue que passava por ali para outras veias saudáveis.

Mas como posso prevenir as varizes?

Para estagnar o avanço e o aparecimento de novas varizes, você deve controlar o peso e praticar exercícios frequentemente, mas é imprescindível fazer o acompanhamento por cirurgião vascular para evitar as novas varizes.

A cirurgia de varizes a laser aplica-se em homens e mulheres?

Sim. O procedimento de varizes a laser ou safena pode ser feito em homens ou mulheres.

Com o avanço tecnológico, os procedimentos cirúrgicos tendem a se tornar cada vez mais seguros e menos invasivos. A cirurgia minimamente invasiva, feita por incisões cada vez menores, diminui a agressão ao organismo. Cirurgias antes realizadas sob anestesia geral, em que os pacientes eram abertos para a retirada de órgãos doentes, foram substituídas por técnicas que permitem o tratamento com o paciente acordado, ou apenas sedado.

O Laser vascular foi desenvolvido para termocoagular as células endoteliais da veia, causando fechamento do vaso doente. A lesão térmica causa trombose controlada do vaso e posteriormente ocorre sua reabsorção. Outro mecanismo de ação é a contração do colágeno por coagulação proteica, que ocorre por volta de 50˚C. A lesão térmica e a contração do colágeno atuam juntamente para a destruição e reabsorção da veia, retirando-a de circulação e eliminando o problema venoso decorrente da insuficiência valvular e varizes.

Vantagens da a cirurgia de varizes a Laser:

  • Menor trauma operatório
  • Melhor evolução
  • Excelente eficácia (96%) a curto prazo
  • Procedimento mais rápido
  • Menor incidência de complicações
  • Menor gravidade das complicações
  • Retorno às atividades em até 2 ou 3 dias



Crioescleroterapia

A Crioescleroterapia é um novo, simples, não dispendioso e revolucionário método para tratar os pequenos vasos dos membros.

Sempre existiu o desejo de um novo método, que seja ainda mais eficiente do que o antigo. É uma tarefa difícil, porque este novo método deveria reduzir o número de sessões necessárias para o tratamento, diminuir ainda mais qualquer sensação dolorosa que exista (O tratamento esclerosante atual apresenta pouca dor), ser isento de complicações e ter um custo competitivo.

A Crioescleroterapia, um método muito engenhoso, utiliza os mesmos produtos (esclerosantes) da escleroterapia normal, mas um equipamento diminui a temperatura do produto injetado para 40 graus abaixo de zero. O esclerosante a essa temperatura, além de seu efeito normal, passa a ter um efeito físico adicional e destrói, pelo frio, a parede interna do vasinho, eliminando-o. Observa-se uma grande redução do número de sessões necessárias para o tratamento e manutenção (aumento da potência do tratamento), diminuição ainda maior da sensação dolorosa, que já é pequena (efeito analgésico do frio) e diminuição das pequenas equimoses que aparecem durante o tratamento (por constrição dos vasos, provocada pelo frio).

Na prática, as pesquisas provaram que o tratamento diminui para a metade o número de sessões necessárias para a correção, e apresenta menos complicações. Por apresentar menos equimoses, não há sempre restrição ao sol e aos exercícios, que podem ser realizados algumas horas após o tratamento (com liberação do médico). O custo por sessão é um pouco maior que o tratamento convencional, mas por causa da redução do número de sessões, o custo final do tratamento acaba sendo inferior ao do tratamento convencional.

A Crioescleroterapia demonstrou em pesquisas que:

  • Tem resultados mais rápidos;
  • Tem menor dor durante o tratamento;
  • Apresenta menos complicações;
  • Tem custo de tratamento semelhante as técnicas convencionais;
  • É mais eficiente.



Escleroterapia a Laser

A técnica de Escleroterapia facilita a vida de quem sofre com os vasinhos. Este procedimento a laser elimina os vasos em vários locais, inclusive no rosto.

Sua ação eficaz por meio do laser, promove um aumento da temperatura dentro do vaso sanguíneo, fazendo com que o sangue retido em seu interior seja deslocado para outro caminho. Em uma área pequena, uma ou duas sessões podem ser suficientes. Entre as vantagens do laser estão: a diminuição da dor em relação à escleroterapia química, e o menor tempo de tratamento. Por ser um procedimento rápido, pode ser feito até mesmo no horário do almoço.

Como é feita a secagem de vasinhos a laser?

O Laser atravessa a pele e age sobre os vasos sanguíneos (vasinhos), aquecendo-os. Em função disso, os vasinhos se fecham e o organismo os reabsorve. O raio laser é uma luz emitida em um só comprimento de onda. A nova tecnologia dos equipamentos utilizados para este tratamento, como o Or Light Laser InnovaTouch Duo, garante a segurança e dificilmente apresenta complicações, como manchas e feridas no local de aplicação.

A combinação de dois comprimentos de onda amplia a faixa de aplicações, permitindo um tratamento mais específico e seletivo em sua especialidade. Maior absorção, menor energia: melhores resultados. A tecnologia e design ergonômico do Or Light Laser InnovaTouch Duo, ajudam o médico a manusear o equipamento portátil durante o tratamento, além de possuir uma tela tátil de abertura automática que ajuda no acompanhamento dos resultados e no controle da intensidade do laser.

Cuidados antes e depois do tratamento de secagem de vasinhos a laser:

1) Evite tomar sol na região tratada por 30 dias antes e depois da aplicação. Caso seja necessário, podem ser usados protetores com fator de proteção solar 45 para o rosto, e 30 para o resto do corpo;

2) Não tomar sol, fazer bronzeamento artificial com luzes, cremes ou medicamentos bronzeadores 30 dias antes do tratamento com laser;

3) Utilizar cremes hidratantes para pele;

4) Evitar depilações por 20 a 30 dias.

Em quais tipos de vasos o tratamento a laser funciona?

A escleroterapia a laser é eficiente para vasos bem pequenos, com até 2 milímetros de diâmetro, e que estejam visíveis na pele.

Como escolher o procedimento de escleroterapia a laser?

Tanto o paciente quanto o médico especialista levarão em consideração o local do vasinho, a cor da pele e a sensibilidade do paciente. Nos vasinhos do rosto, muitos médicos consideram mais seguro o método a laser. Para pacientes mais sensíveis, pode-se evitar a escleroterapia com agulhas, pois mesmo com cremes anestésicos é possível sentir um pequeno desconforto durante a aplicação. A secagem de vasinhos a laser é mais indicada para pessoas com uma sensibilidade maior, fazendo com que o tratamento seja mais confortável no qual o paciente sente apenas uma sensação de calor na pele.

Quanto tempo demora a aplicação do laser?

O procedimento de escleroterapia a laser é realizado no consultório, somente por cirurgiões vasculares, e leva cerca de 20 minutos por sessão.

Quantas sessões de secagem de vasinhos são necessárias?

Depende da quantidade de vasinhos que estão visíveis. Se forem poucos, é possível realizar em uma única sessão. A escleroterapia a laser normalmente requer menos sessões do que a química. Independentemente do procedimento escolhido, recomenda-se que o intervalo entre cada aplicação seja de pelo menos cinco dias.

Os vasinhos voltam após a aplicação do laser?

Não. Os mesmos vasinhos nunca voltam. Mas se o paciente não fizer um programa preventivo é possível que novos vasinhos apareçam na mesma região tratada, ou em outras regiões. Se o paciente já tem casos frequentes na família, os métodos preventivos indicados pelo médico podem ajudar, porém, é possível que haja necessidade de fazer o tratamento uma vez por ano. A diferença é que com o tratamento preventivo, a quantidade de sessões posteriores serão bem menores e mais rápidas.


Marque hoje mesmo uma consulta conosco!

Ligue para a Clínica Vivian Villela e marque uma consulta. Estamos à disposição para ajudar você a ter uma Melhor Qualidade de Vida.
Ligue:18 3117-6301 | 18 3622-6199